CEEAC : QUAL ESTRATÉGIA PARA A MOBILIZACÃO DE RECURSOS ?

Janeiro 7, 2021

Libreville(Rep. Gabonesa), 07 de Janeiro de 2021Os responsáveis da Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC) e os peritos da referida Comissão estão reunidos  a partir desta manhã para estatuirem sobre as vias e os meios para estabelecerem uma estratégia de mobilização de recursos com vista a financiar seus projetos e programas de integração regional. Os trabalhos desenrolam-se no quadro de um retiro, um quadro estritamente particular que demonstra a pertinência do exercício.

O Presidente da Comissão Gilberto da Piedade VERISSIMO

O objetivo deste retiro é o de levar a cabo uma reflexão profunda sobre os mecanismos e meios a serem estabelecidos a fim de se obter uma eficaz mobilização de recursos externos com vista a contribuir para a garantia da sustentabilidade dos programas/projetos retidos no quadro do Plano Estratégico Indicativo a Médio Prazo 2021-2025.

Este retiro permitirá assim à Comissão de formular sua própria estratégia a fim de responder à visão dos Chefes de Estado e de Governo ; a de fazer da região África Central uma região com « Um futuro comum, num clima de paz, de segurança e de estabilidade, através de um desenvolvimento sustentável, da boa governação, da melhoria crescente das condições de vida dos cidadãos, da liberdade e da justiça ».

Uma visão dos participantes

No seu discurso de abertura, o Presidente da Comissão da CEEAC, Sua Excelência Gilberto da Piedade Veríssimo sublinhou aspetos mais salientes resultantes da 18a. sessão ordinária da Conferência dos Chefes de Estado e de Governo, nomeadamente o Plano Estratégico Indicativo a Médio Prazo (2021-2025) e o Plano de Ações Prioritárias para o ano 2021 que foram adotados pelas Altas Autoridades da Comunidade que carecem de recursos financeiros para a sua implementação.

O Embaixador Gilberto da Piedade Veríssimo insistiu de igual modo sobre a necessidade de se estabelecer uma estratégia incitativa de forma a levar os parceiros tradicionais a prosseguirem a assistência à CEEAC, mas também implicar a diáspora para que se apropriem o processo de integração regional.

Uma visão dos participantes

O Presidente da Comissão insistiu em seguida sobre o papel da comunicação e do marketing como alavanca para a implementação da estratégia de mobilização de recursos. Para o Presidente da Comissão, a Instituição só poderá ser bem publicitada se as suas ações forem visíveis e lisíveis tendo o mesmo frizado as noções cardinais, a saber, a utilidade, a lisibilidade e a credibilidade, pelo que sublinhou o fato de que a comunicação e o marketing da CEEAC não devem ser uma atividade exclusiva dos profissionais da comunicação, mas sim a preocupação de cada um dos funcionários da Comissão.

Após o discurso de abertura do Presidente da Comissão, iniciaram-se os trabalhos do retiro com as apresentações e trocas de experiências no âmbito da mobilização de recursos para o financiamento dos projetos/programas dos setores da integração fisíca, económica e monetária, dos polos de excelência tecnológico e universitário (PETU), dos projetos/programas do setor do meio ambiente/biodiversidade/mudanças climáticas e do projeto fronteiras dentre outros.

Uma visão dos participantes

Os trabalhos do retiro se desenrolarão em dois dias e, no seu termo será adotada uma visão clara, metódica e bem coordenada para se solicitar, obter e garantir melhor utilização dos recursos junto dos parceiros técnicos e financeiros (PTF).