O Presidente da Comissão da CEEAC reúne-se com os Embaixadores e os PTF

Janeiro 30, 2022

Libreville(República Gabonesa), 29 de Janeiro de 2022– A nova sede da Comunidade Económica dos Estadod da África Central (CEEAC) acolheu o encontro organizado pelo Presidente da Comissão da CEEAC, Sua Excelência Gilberto Da Piédade Verissimo e os Embaixadores dos países amigos e os parceiros técnicos e financeiros da CEEAC.

Foto de grupo

Dez dias apenas, após a realização da XX sessão ordinária da Conferência dos Chefes de Estado e de Governo em Brazzaville em presencial em 19 de Janeiro de 2022, o Presidente da Comissão da CEEAC reuniu os seus homólogos chefes de missões diplomáticas com vista a apresentar de forma sucinta as diferentes deliberações decorrentes da mesma. Uma tradição que este alto responsável pretende doravante perenizar a fim, sublinhou, de situar o corpo diplomático, de maneira geral e sobretudo todos os Embaixadores acreditados junto da Comissão da CEEAC, em particular, ao nível de informação sobre a vida e o funcionamento da CEEAC.

As discussões versaram sobre os dossiers analisados e as decisões tomadas pelos Chefes de Estado, entre outras :

  • o A situação de segurança na África Central que os Chefes de Estado consideraram estável de forma global, não obstante a persistência de alguns grupos rebeldes que continuam a gerar a desolação e de explorar de maneira ilícita as riquezas dos países, são os grupos armados presentes na República Centro-Africana e na República Democrática do Congo ;
  • o A pirataria marítima no Golfo da Guiné e o grande banditismo contra os quais os Chefes de Estado decidiram criar um mecanismo de cooperação policial e judicial. Ainda a respeito, os Chefes de Estado decidiram convocar uma conferência sobre a segurança e a proteção marítima na África Central em coordenação com a Comissão do Golfo da Guiné (CGG) ;
  • o A criminalidade transfronteiriça relativamente à qual os Chefes de Estado se comprometeram em criar um centro regional de estudo para uma melhor ação contra todos os criminosos ;
  • o O estabelecimento de um Comité de sábios decorrente de um levantamento. Foi solicitado aos Estados que apresentassem uma lista dos dignitários na qual serão selecionadas 07 pessoas que terão por missão de ajudar a resolver os conflitos e de fazerem a mediação. Trinta pessoas indicadas no levantamento serão formadas no Egipto ;
  • o O apoio a ser concedido ao processo de transição na República do Tchad. Uma conta foi aberta para o efeito. O Presidente da Comissão da CEEAC fez uma advocacia junto dos Embaixadores para que os seus Estados forneçam ajudas multiformes, tanto material como financeira ;
  • o O adiamento do diálogo nacional no Tchad, para o mês de Maio de 2022 ao invés de Fevereiro conforme o preconizado, a fim de permitir ao conjunto das forças vivas da nação, assim como a diáspora para que participem diretamente no evento;
  • o O mercenarismo no Tchad. Uma reunião dos serviços nacionais concernentes pelo fenómeno será organizada com vista à adoção de uma estratégia de erradicação do referido fenómeno que constitui de igual modo um entrave à Livre circulação de pessoas, de bens e serviços, sublinhou o Embaixador Gilberto da Piedade Verissimo ;
  • o A Declaraçāo « Mulher, paz e segurança ». Os Chefes de Estado sancionaram a Declaraçāo, a fim de dar mais possibilidades às mulheres de se implicarem no processo de resolução de conflitos ;
  • o A finalização dos trabalhos do posto fronteiriço único entre o Congo e os Camarões, situado na localidade de Ntam. O Embaixador Gilberto Da Piedade Verissimo apelou aos parceiros técnicos e financeiros (PTF) no sentido de fornecerem um apoio para a dotação do posto, de scaners para o controlo das mercadorias que circularão entre os dois países.

O Presidente da Comissão da CEEAC regozijou-se pela passagem de poderes entre os Presidentes em exercício e o novo Presidente da CEEAC, nos prazos estatutários. O Presidente da República Democrática do Congo S.E. Félix Antoine Tshisékédi Tshilombo sucedeu ao seu homólogo e irmão S.E. Denis Sassou N’guésso na presidência em exercício da CEEAC por um mandato de um ano.

O Presidente da Comissão da CEEAC, o Embaixador Gilberto Da Piedade Verissimo, acompanhado dos seus próximos colaboradores, a saber a Senhora Vice-Presidente da Comissão, os Senhores Comissários, o Senhor Secretário Administrativo, os Senhores Conselheiros e Diretores, respondeu às questões dos Embaixadores, entre outras, sobre o financiamento das atividades da CEEAC e sobre a Organização da Saúde da África Central (OSAC).

Os Embaixadores dos países amigos e os parceiros técnicos e financeiros da CEEAC saudaram a iniciativa do Presidente da Comissão da CEEAC pela organização deste encontro e exprimiram o desejo que o mesmo tenha uma continuidade.